quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Contrato com Eco 101 previa 80 km duplicados na BR até o fim de 2017. Veja histórico da concessão

01/08/2017 -  Folha Vitória

Com R$ 510 milhões arrecadados pela concessionária na cobrança de pedágio desde 2014, somente quatro trechos estão em obras

Integrante da terceira etapa de Concessões Rodoviárias do Governo Federal, a duplicação da BR 101 no Espírito Santo parece cada vez mais distante de virar uma realidade para os capixabas. Após quatro anos de concessão, somente 16 quilômetros de obras de duplicação foram iniciadas. O contrato de concessão assinado entre o Agência Nacional dos Transportes Terrestres  (ANTT) e a concessionária Eco 101, previa que quase 80 quilômetros estivessem duplicados até o final deste ano. 

Na última semana, a concessionária anunciou que enviou à ANTT um pedido de repactuação do contrato de concessão da Rodovia. Pela nova proposta da empresa, a duplicação de todo o trecho capixaba, prevista pelo contrato assinado em 2013, seria substituída por uma composição entre a construção de contornos, que terão pistas duplicadas, trechos de duplicação propriamente dita e construção de terceiras faixas. 

Nesta segunda-feira (31), durante visita ao Espírito Santo, o ministro dos Transportes Maurício Quintela, garantiu a realização das obras de duplicação da BR 101. 


http://novo.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2017/08/contrato-com-eco-101-previa-80-km-duplicados-na-br-ate-o-fim-de-2017--veja-historico-da-concessao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário